Psicologia infantil – Você sabe elogiar seu filho?

Quando for elogiar seu filho, seja explícito e objetivo naquilo que você diz. Ao invés de dizer: “você é maravilhoso!”, diga: “isso que você fez foi muito bom e me surpreendeu!”. Agindo assim, a criança sabe exatamente no que está acertando e as chances de fazer novamente aumentam.

Psicologia infantil – Ameaças não resolvem

O comportamento da criança não se modifica através de ameaças. Ela só irá obedecer se souber que o que está sendo advertido será seguido por consequências. Mas, atenção! As consequências devem ser de curto prazo pois, do contrário, podem cair no esquecimento e fazer a criança não acreditar mais no que você diz.

Pular para a barra de ferramentas